sexta-feira, 29 de julho de 2016

Novo estudo em aquarela

Após muito tempo sem pintar nada, e após longo tempo de "molho" por causa da alergia ao frio (essa época de frio sempre me dá alergia... minhas mãos ficam mega inchadas e sensíveis, como se estivessem tambem queimadas, sabe? o que dificulta muito pegar um lápis, um pincel, bordar, costurar... enfim, qualquer atividade manual... já sabem porque detesto o frio né? risos...), decidi matar saudades da aquarela.

Só que, como já sabem, escolhi uma referência nada fácil... É, porque sofrer pouco é para os fracos (hahah brincadeira!!!). Não sabia bem o que pintar, queria pintar paisagem, aí abri o Pinterest e deparei-me com uma paisagem linda de montanhas... foi amor à primeira vista!
Eis, então, que foi assim que decidi que meu retorno à aquarela seria retratando uma paisagem de montanhas da Argentina.

Fiz várias burradas, errei coisa pra caramba... mas no final não ficou tão ruim para quem ficou tantos meses sem pintar nada. Eis meu estudo:


Tem coisas que olho e penso: putz... podia ter feiro diferente! Mas tem alguns acertos também... gostei da fusão do cume da montanha com o céu em algumas partes... isso é legal em aquarela: tentar fazer fusões... fazer com que a pintura tenha uma unidade, que não fique tão separadinha, muito marcada. Mas é difícil, viu? Caramba!!! Muito difícil.

Aquarela é aquele tipo de material que você tem uma relação de amor e ódio ao mesmo tempo. Mas é viciante, e quanto mais você sofre, mais se apaixona. Vai entender! (risos)

Beijos, da aquarelista sofredora (risos),

Nenhum comentário: